Nota28.08

 

A participação japonesa no SET Expo já se tornou tradicional desde as primeiras edições, tanto na feira como no Congresso. Neste ano, no Pavilhão Japonês, a grande novidade foi a demonstração dos usos da tecnologia 8K, a ultra definição. “Nós estamos mostrando como é desenvolvida a programação, como sua transmissão é feita via satélite e como esse resultado chega nos televisores com ultra definição”, explica o Ministro de Assuntos Internos e Comunicação do Japão, Hiroyuki Ogawa.

De acordo com Ogawa, um dos usos bem-sucedidos dessa tecnologia está no campo da medicina, em cirurgias que necessitam o uso de imagem via câmera ou caleidoscópio. “Um grande avanço para a medicina e para a tecnologia”, acrescenta.

O Pavilhão Japonês também exibiu antenas, equipamentos de transmissão e forneceu informações aos visitantes sobre os estudos em desenvolvimento para a alta definição. “É a segunda vez que participo do evento com a equipe japonesa, e o que estou vendo me impressionou. Posso assegurar que o público aumentou e a qualidade dos produtos está animadora”, ressalta Ogawa.

O Ministro participou ainda do 29º Congresso de Tecnologia com um painel sobre espectro, moderado por André Trindade (Engenheiro de Comunicação – ABRATEL) e como ouvinte da Hot Session da SET sobre UHD. “Foi uma oportunidade que tive para ouvir a presidente da SET Expo, Liliana Nakonechnyj, falar sobre como o Brasil está introduzindo a tecnologia UHD. Esta informação vai ser muito útil para que possamos trabalhar juntos de alguma maneira”, conclui.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota09.09

 

Panasonic, Sony e a NHK formaram consórcio no Japão para desenvolverem a tecnologia 8K nos televisores. O objetivo da emissora e demais redes de TV do país é iniciar as transmissões regulares já em 2018, pensando nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

 Vários testes foram realizados durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, neste ano, quando foram geradas em torno de 100 horas de transmissões com a tecnologia – embora as telas das televisões não estejam ainda preparadas para essa definição.

O consórcio será liderado pela NHK. Já a fabricante Socionext, resultado da fusão entre as divisões de chips da Fujitsu e da Panasonic, vai estar envolvida no desenvolvimento da próxima geração de processadores para a nova era do vídeo.

Entre 17 e 20 de outubro, a NHK demonstra transmissões em 4K e 8K na feira MIPCOM, em Cannes, França.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota16.08

 

As transmissões das Olimpíadas no Rio de Janeiro têm proporcionado imagens espetaculares e que devem ficar marcadas na história do esporte. Uma exposição no Museu do Amanhã, situado também na cidade maravilhosa, mostra que, com a evolução da tecnologia, essas imagens podem impressionar ainda mais.

Com resolução 16 vezes superior ao HD e 22 canais de áudio, o sistema 8K tem atraído visitantes à exposição e oferecido a oportunidade de acompanharem provas de atletismo, com qualidade de imagem e som que devem ser utilizados nas TVs do futuro.

Na visão do diretor de Tecnologia da TV Globo, Raymundo Barros, a nova tecnologia ainda está em processo de transformação e deve levar alguns anos para chegar à casa dos brasileiros. “A televisão está em permanente evolução. O que a gente está vendo aqui é o futuro dela, mas preservando os princípios da TV aberta: a universalidade de acesso e a gratuidade. Teremos aí mais uns seis, sete, oito anos até a que essa nova geração tenha condições de ser lançada comercialmente”. 

Publicado em NOTÍCIAS

Nota08.08

 

Desde o dia 1 de agosto, a rede de TV japonesa NHK tem realizado testes de transmissões em resolução 8K durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A intenção é desenvolver a tecnologia a ponto de exibir as Olimpíadas de Tóquio, em 2020, inteiramente em uma resolução mais avançada.

A tecnologia deve fazer com que a NKH exiba imagens, via satélite, em uma resolução de 7680x4320 pixels, capacidade de dezesseis vezes maior em relação ao sistema Full HD.

Apesar do investimento, ainda não estão disponíveis equipamentos capazes de captar imagens transmitidas com todos os detalhes que a tecnologia oferece. A expectativa é que os televisores 8K estejam acessíveis até 2018. 

Publicado em NOTÍCIAS