Nota28.05

 

A mudança do sinal analógico para o digital acontecerá na próxima quarta-feira (30) em Maceió e mais 12 municípios da região metropolitana, mas cerca de 40 mil beneficiários que têm direito aos kits de TV Digital gratuitamente ainda não retiraram os equipamentos.

Desde de fevereiro, cerca de 180 mil kits para TV Digital foram distribuídos a famílias beneficiárias de programas sociais do Governo Federal em Alagoas. Os kits são compostos por antena digital e conversor com controle remoto.

Além da capital, os demais municípios que terão o sinal analógico desligado são Atalaia, Barra de Santo Antônio, Barra de São Miguel, Coqueiro Seco, Marechal Deodoro, Messias, Paripueira, Pilar, Rio Largo, Santa Luzia do Norte, São Miguel dos Campos e Satuba.

Depois do desligamento, só será possível assisitir à TV aberta por meio do sinal digital. Para isso, é preciso ter uma antena compatível com o sinal e, se o televisor precisar, um conversor.

Para saber se tem direito ao kit ou realizar o agendamento para retirada, os beneficiários devem acessar o site da empresa Seja Digital ou ligar para o número 147.

Published in NOTÍCIAS

Nota31.01

 

Após reunião realizada nesta terça-feira (30), o MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) oficializou que hoje (31), às 23h59, acontece o desligamento do sinal analógico de televisão aberta na região de Curitiba-PR.

Em outras cidades, o desligamento será feito de forma escalonada. Florianópolis-SC inicia o processo que segue até o dia 28 de fevereiro. Ribeirão Preto-SP e Franca-SP concluem totalmente o desligamento no dia 21 de fevereiro. Já em Porto Alegre e outros 107 municípios do Rio Grande do Sul, o desligamento analógico será finalizado no dia 14 de março.

Também foi verificado que a condição para o desligamento do sinal analógico de TV em São Luís-MA e mais dez municípios do estado já foi cumprida. Pesquisa do Ibope Inteligência constatou que 92% das residências já contam com o sinal digital. Este é um caso inédito, porque pela primeira vez uma região atinge a meta exigida 60 dias antes da data marcada – dia 28 de março.

Até lá, os beneficiários dos programas sociais do governo continuarão a receber gratuitamente os kits (conversor, antena e controle remoto).

 

Pesquisas

O Ibope Inteligência realizou pesquisa em Curitiba entre os dias 15 e 26 de janeiro de 2018. A amostra contou com 2.086 entrevistas. Na cidade, 91% dos domicílios já contam com sinal digital.

Em Florianópolis, a pesquisa foi realizada entre os dias 16 e 27 de janeiro. Foram realizadas 2.044 entrevistas. Na cidade, 89% dos domicílios já possuem sinal digital.

Em Porto Alegre, a pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 28 de janeiro, com 2.632 entrevistas. Na cidade, 88% dos domicílios já utilizam o sinal digital.

Em Ribeirão Preto, a pesquisa do Ibope Inteligência foi realizada entre os dias 16 e 26 de janeiro. A amostra totalizou 1.894 entrevistas. No município, 89% dos domicílios já contam com sinal digital.

Em Franca, o Ibope realizou a pesquisa entre os dias 15 e 26 de janeiro. A amostra contou com totalizam 1.747 entrevistas. No município, 89% dos domicílios já utilizam sinal digital.

 

Vantagens do desligamento

A digitalização da TV aberta permite que os telespectadores assistam aos programas com maior qualidade de som e imagem.

Com o desligamento do sinal analógico, haverá a liberação da faixa de 700 MHz, atualmente ocupada por canais de TV aberta em tecnologia analógica. Essa radiofrequência será utilizada para ampliar a disponibilidade do serviço de telefonia e internet de quarta geração (4G) no Brasil.

Os beneficiários de programas sociais do Governo Federal, como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros, têm direito a receber um kit gratuito (com antena e conversor e controle remoto). 

É necessário acessar o site www.sejadigital.com.br/home e agendar a retirada do kit. O telefone da Central de Atendimento é 147.

Published in NOTÍCIAS

Nota29.01

No dia 17 de janeiro, 141 cidades do Interior de São Paulo tiveram o sinal de TV analógico desligado para dar lugar à tecnologia digital. A ação é considerada uma das mais desafiadoras desde o início dos desligamentos no Brasil, pois além de abranger muitas cidades, o interior paulista é responsável por mais de 800 canais abertos. 

A mudança vem para garantir à população mais qualidade de imagem e maior alcance de canais. Além disso, a expectativa é que recursos como LIBRAS, closed caption, audiodescrição e tecnologias como o EWBS (Emergency Warning Broadcast System) estejam disponíveis já nos próximos anos. “Não se trata apenas de qualidade de transmissão. A chegada da TV digital abre um grande leque de possibilidades para o futuro da TV no Brasil”, afirma o presidente do Fórum do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre, José Marcelo. O Fórum SBTVD é um dos principais responsáveis pela normatização e regulamentação da TV digital no país desde 2007.

Apesar da alteração de sinais, a população não sentirá tanta diferença ao realizar as buscas pelos canais abertos, pois eles permanecem com a mesma numeração. “Passamos um longo tempo negociando a normatização dos canais virtuais. Isso garante que os usuários tenham melhor experiência ao desfrutar da TV digital, pois poderão sintonizar a mesma numeração e acessar os mesmos canais”, lembra José Marcelo.

Uma das exigências para que haja o desligamento é que, pelo menos, 93% dos televisores na região estejam preparados para receber o novo sinal. Os aparelhos que não possuírem conversor embutido poderão receber o sinal digital por meio de uma antena externa e da instalação de um conversor digital. Hoje 184 municípios já possuem cobertura totalmente digital. A previsão é que o Brasil encerre o processo de switch off até o fim deste ano.

Confira abaixo as cidades do interior de São Paulo que iniciaram o desligamento da TV analógica:

 

Região de Campinas:

Campinas, Aguaí, Águas da Prata, Águas de São Pedro, Alumínio, Americana, Amparo, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Araras, Artur Nogueira, Boituva, Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Capela do Alto, Capivari, Cerquilho, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Iperó, Ipeúna, Iracemápolis, Itapira, Itatiba, Itobi, Itu, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Jumirim, Jundiaí, Leme, Limeira, Louveiram, Mairinque, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Mombuca, Monte Mor, Nova Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Salto, Salto de Pirapora, Santa Bárbara D'Oeste, Santa Cruz da Conceição, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra, Santa Rita do Passa Quatro, Santo Antonio da Posse, São João da Boa Vista, São Pedro, São Roque, Serra Negra, Socorro, Sorocaba, Sumaré, Tambaú, Tapiraí, Tatuí, Tietê, Torrinha, Valinhos, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista, Vinhedo e Votorantim.

 

Região de Franca:

Franca, Aramina, Barretos, Batatais, Buritizal, Colina, Colômbia, Cristais Paulista, Guaíra, Guará, Igarapava, Ipuã, Itirapuã, Ituverava, Jaborandi, Jeriquara, Miguelópolis, Nuporanga, Patrocínio Paulista, Pedregulho, Restinga, Ribeirão Corrente, Rifaina, São Joaquim da Barra e São José da Bela Vista.

 

Região de Ribeirão Preto:

Ribeirão Preto, Altinópolis, Barrinha, Brodowski, Cravinhos, Jaboticabal, Jardinópolis, Luís Antônio, Morro Agudo, Orlândia, Pitangueiras, Pontal, Sales Oliveira, Santa Cruz da Esperança, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana, Sertãozinho e Taquaral.

 

Região do Vale do Paraíba:

Aparecida, Atibaia, Bragança Paulista, Caçapava, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Canas, Cruzeiro, Guaratinguetá, Igaratá, Jacareí, Lorena, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, Roseira, São José dos Campos, Taubaté e Tremembé.

Published in NOTÍCIAS

Nota18.01

 

O sinal digital de TV aberta chegou à população de Campinas e de outros 84 municípios da região, às 23h59 desta quarta-feira (17). Além dessas localidades, 19 cidades do Vale do Paraíba também deixaram de receber o sinal analógico. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a novidade atinge cerca de 10 milhões de pessoas.

Para as famílias atendidas em programas sociais do Governo Federal - Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica e Minha Casa, Minha Vida - foram disponibilizados 533.906 kits gratuitos, compostos por antena, conversor de sinal e controle remoto, para a recepção do sinal aberto da TV digital.

Segundo a agência, a distribuição dos kits atingiu 85% dos beneficiários na região de Campinas, enquanto no Vale do Paraíba foram 148.915 unidades, alcançando 76% dos beneficiários. A distribuição deve continuar por mais 30 dias.

No dia 31 de janeiro, juntam-se à essa lista diversos municípios das regiões metropolitanas de Florianópolis/SC, Curitiba/PR e Porto Alegre/RS.

Em seguida, no dia 28 de março, o desligamento do sinal analógico atinge os municípios de Bauru, Presidente Prudente e São José do Rio Preto, todos localizados no estado de São Paulo. Até o final de novembro deste ano, ainda estão programados desligamentos em outros 396 municípios do interior paulista.

Published in NOTÍCIAS

Nota08.01

 

Engenheiro Coelho, Estiva Gerbi e Mombuca, cidades da área de cobertura da EPTV Campinas-SP, vão passar a receber pela primeira vez o sinal digital da emissora nos próximos dias. A alteração será possível pela ativação de novos retransmissores em cada um dos municípios.

Para usufruir da nova tecnologia, os moradores das três cidades precisam ficar atentos à localização dos equipamentos para direcionar a posição das antenas externas para ele.

O sinal analógico será desligado na região no dia 17 de janeiro. “Com o desligamento, vamos colocar em operação novos transmissores em algumas cidades que não contavam com o sinal digital. Então, os telespectadores dessas cidades precisam apontar as suas antenas para as torres de transmissão, para poder receber o sinal digital da EPTV, e aproveitar todo o recurso que a gente transmite", explica Giulio Breviglieri, gerente de Operações e Manutenção da emissora.

Published in NOTÍCIAS

Nota20.12 2

 

O sinal analógico de TV da cidade de Santos será desligado nesta quarta-feira, 20 de dezembro, às 23h59. As pesquisas feitas pelo Ibope confirmaram que mais de 90% das residências da cidade estão aptas a receber o sinal digital de TV.

As regiões de Campinas e Vale do Paraíba, que iriam acompanhar a data de Santos tiveram o seu processo adiado e o desligamento está previsto para o dia 17 de janeiro.

Já nas cidades de Ribeirão Preto e Franca, o desligamento da TV analógica foi remarcado para o dia 31 de janeiro, assim como as regiões metropolitanas de Florianópolis, Porto Alegre e Curitiba.

Em Bauru, São José do Rio Preto e Presidente Prudente, cidades também pertencentes ao Estado de São Paulo, o desligamento só ocorrerá em 28 de março de 2018.

Published in NOTÍCIAS

Nota18.12

 

O desligamento do sinal analógico de TV já tem data marcada para acontecer em Curitiba e outros 26 municípios da região, incluindo Ponta Grossa e Guaratuba, no litoral. Será à meia-noite do dia 31 de janeiro de 2018. Juarez Quadros, presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), esteve na capital paranaense para fazer a entrega simbólica do kit gratuito de conversão para o sinal digital de TV de número 225 mil.

Os kits gratuitos estão sendo distribuídos às famílias beneficiárias de programas sociais do Governo Federal. Nos 27 municípios paranaenses que terão o sinal desligado nesta primeira fase, são 369 mil kits do tipo, dos quais 225 mil, ou 60,9% do total, já foram entregues.

Para que o sinal analógico seja desativado, é preciso que 93% de todos os domicílios da região afetada esteja recebendo o sinal digital na data prevista para o desligamento. Em Curitiba e região, a primeira verificação de campo desse dado foi antecipada — normalmente, ela ocorre faltando 60 dias para o desligamento, mas desta vez foi feita com 90 dias de antecedência.

Na verificação, foi detectado que 83% dos domicílios já estavam recebendo o sinal digital. A essa altura, com menos de 50 dias para 31 de janeiro de 2018, o prognóstico é bastante positivo, na avaliação de Quadros. “É provável que já esteja em ou tenha passado dos 90%”, disse.

O presidente da Anatel lembrou da importância de efetivamente instalar e ligar o equipamento após sua retirada. “O importante é não só receber o equipamento, mas ligá-lo. Em outros lugares onde já houve o desligamento, as pessoas recebiam o equipamento, mas retardavam a ligação”.

O alcance mínimo para viabilizar o desligamento do sinal analógico é universal, ou seja, aqueles 93% com recebimento do sinal digital não se restringe a quem recebe o kit gratuito do Governo, mas a toda a população.

Published in NOTÍCIAS

Nota13.12

A população de mais 18 municípios gaúchos (confira abaixo) foi incluída na lista de beneficiados do Governo Federal para retirada gratuita do kit de TV digital (composto por receptor, antena e controle remoto).

O equipamento permitirá que mais de 480 mil famílias continuem assistindo TV em seus aparelhos antigos após o desligamento do sinal analógico no estado do Rio Grande do Sul, agendado para 31 de janeiro de 2018.

Com essa inclusão, a programação dos canais abertos será transmitida apenas pelo sinal digital, inicialmente, para 107 municípios do Estado. Em todo o Rio Grande do Sul, o processo será concluído até dezembro de 2023. 

Para saber quem tem direito ao kit gratuito, a população dessas cidades deve ligar gratuitamente para o número 147 ou acessar este site com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos.

Se o nome estiver na lista, basta realizar o agendamento para retirada do kit gratuito. Cada família pode escolher o ponto de entrega mais próximo da residência, bem como a melhor data e horário para buscar os equipamentos. Nesses pontos, os beneficiários também recebem orientação técnica sobre a instalação da antena digital e conversor.

 

Confira os municípios incluídos no desligamento:

Bom Princípio

Capitão

Cotiporã

Cruzeiro do Sul

Ipê

Lindolfo Collor

Maratá

Mato Leitão

Minas do Leão

Nova Hartz

Nova Pádua

Pouso Novo

Salvador do Sul

Santa Clara do Sul

São Pedro da Serra

São Valentim do Sul

São Vendelino

Sentinela do Sul

Published in NOTÍCIAS

Nota22.11

 

O sinal analógico de TV foi desligado às 23h59 desta quarta-feira (dia 22) em 19 cidades do estado do Rio de Janeiro. Agora, só é possível assistir à programação da TV aberta por meio do sinal digital. De acordo com pesquisa divulgada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), 96% da população desta região continuará assistindo TV mesmo após o desligamento do sinal analógico.

Além da capital, os consumidores de outros 18 municípios passaram a contar apenas com o sinal digital. Com a mudança, a transmissão de canais da TV aberta no Brasil é realizada com melhor qualidade e mais estabilidade, sem chuviscos, ruídos, chiados e interferências.

Quem ainda não se preparou para a mudança pode adquirir conversores nas principais redes varejistas Já as famílias de baixa renda cadastradas em programas sociais do Governo Federal podem garantir seus kits gratuitamente. Basta agenda um atendimento pelo telefone 147 ou pelo site www.sejadigital.com.br.

O diretor da TV Globo no Rio de Janeiro, André Dias, explica que apesar de o sinal analógico ter sido desligado nesta quarta, ainda há tempo de adquirir o kit digital. “Quem não tiver o kit, aparecerá na tela da TV um aviso de que a transmissão foi interrompida. Mas as pessoas ainda podem ligar para o 147 e retirar o seu kit. A maioria já retirou. No fim de semana haverá um saldão. O importante é ninguém ficar sem ver TV”.

Published in NOTÍCIAS

Nota20.11

 

A poucos dias do desligamento do sinal analógico de TV na região do Rio de Janeiro, agendado para o dia 22 de novembro, foram distribuídos mais de 83 mil kits gratuitos para famílias de baixa renda da cidade de Nova Iguaçu. Há ainda mais de 11 mil kits para serem distribuídos no município.

O kit gratuito contém antena, conversor e controle remoto, e permite que televisores mais antigos exibam a programação da TV aberta transmitida pelo sinal digital.

Vale lembrar que os televisores de tubo ou de tela plana fabricados até 2010 precisam de um conversor para receber o sinal digital. Se sua TV já possui conversor embutido, basta conferir se sua antena é digital. O processo é simples. O mais indicado é instalar sua antena no telhado de casa. Depois, conecte o conversor à sua TV e faça a busca dos canais.

Para saber se tem direito ao kit, a população deve ligar gratuitamente para o número 147 com NIS (Número de Identificação Social) em mãos ou acessar o portal da Seja Digital, no www.sejadigital.org.br.

Published in NOTÍCIAS
Página 1 de 8