Nota27.10

 

Os moradores de Petrópolis/RJ cadastrados em programas sociais do Governo Federal têm até hoje (27) para fazer a solicitação da retirada dos kits digitais, gratuitamente, nos Centros de Referência de Asistência Social (Cras). A retirada será realizada no dia 11 de novembro.

A expectativa, segundo a Prefeitura, é que 22.197 kits com antena, conversor digital e controle remoto sejam distribuídos no município. Até o momento, 17.382 kits foram entregues às famílias que possuem o Número de Identificação Social (NIS) por receberem benefícios, como Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica, Minha Casa Minha Vida, entre outros, e com renda mensal de até três salários mínimos.

A representante do Seja Digital, que orienta os usuários do Cras Centro, Juliana Oliveira, explica que o agendamento é feito de duas formas: aos usuários com Cadúnico e àqueles que ainda não fizeram o cadastro único para programas sociais.

“Quem tem Cadúnico, automaticamente, fornece o número do NIS e nós já conseguimos realizar o agendamento. Mas aqueles que estão com o cadastro recente precisam preencher uma ficha, que é encaminhada ao Seja Digital, para avaliação e lá a equipe da organização entra em contato com o usuário para a retirada do kit. O movimento nestas semanas é de cadastros recentes, então estamos orientando a população a vir o quanto antes realizar o cadastro, pois é um processo que pode demorar alguns dias para a retirada do kit”, alerta Juliana.

O cadastro deve ser feito por meio de um formulário na internet ou pelo telefone 147.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota11.10

 

Mais dez feirões digitais serão realizados no estado do Rio de Janeiro no próximo sábado (14), para permitir a compra e retirada de kits para a instalação da TV digital. A Região Metropolitana está na reta final para o desligamento do sinal analógico da TV aberta, marcado para 25 de outubro.

A ação tem como objetivo facilitar o acesso da população aos equipamentos que possibilitam que televisores antigos recebam o sinal digital. Além de encontrar aparelhos de TV digital e conversores a preços mais acessíveis, a população poderá tirar dúvidas sobre o desligamento do sinal analógico de TV.

A expectativa é que 1,5 milhão de kits sejam comprados até o fim da campanha. Outros 1,2 milhão de kits serão doado para quem está inscrito em algum dos programas sociais do Governo Federal. Para saber quem está incluído, o ideal é ligar para o número 147 e informar o CPF.

“A ideia dos feirões é que as pessoas que não estão inscritas nos programas sociais consigam comprar o kit com desconto e parcelamento e entrem logo para mundo da TV digital”, explica o diretor de Projetos Especial da Globo, André Dias.

 

Confira os locais e horários que acontecem os feirões:

 

  • Shopping São Gonçalo (Av. São Gonçalo, 100, Boa Vista, São Gonçalo – Rodovia Niterói-Manilha km 8,5) - Horário: 10h às 22h

  • Bangu Shopping (Rua Fonseca, 240 - Bangu, Rio de Janeiro) - Horário: 10h às 22h

  • Shopping Grande Rio (Rua Maria Soares Sendas 111, São João de Meriti) - Horário: 10h às 22h

  • Caxias Shopping (Rodovia Washington Luiz, 2.895 - Duque de Caxias) - Horário: 10h às 22h

  • Mercadão de Madureira (Av. Min. Edgard Romero, 239 - Madureira, Rio de Janeiro) - Horário: 9h às 17h

  • Calçadão de Campo Grande (Rua Cel. Agostinho - Campo Grande, Rio de Janeiro – RJ) - Horário: 9h às 16h

  • Calçadão de Duque de Caxias (Rua José de Alvarenga - Centro, Duque de Caxias) - Horário: 9h às 16h

  • Calçadão de Nova Iguaçu (Avenida Governador Amaral Peixoto - Centro, Nova Iguaçu) - Horário: 9h às 16h

  • Maricá - Rua Abreu Rangel, Centro - Horário: 9h às 16h

  • Petrópolis - Rua do Imperador, Centro - Horário: 9h às 16h

Publicado em NOTÍCIAS

Nota06.10

 

O Rio de Janeiro vai ganhar novos feirões para permitir a compra de kits para a instalação da TV Digital. Na reta final do desligamento do sinal analógico da TV aberta na Região Metropolitana do Rio, que ocorre no dia 25 de outubro, a compra do kit (com conversor digital, antena e controle remoto) ganhou novos endereços no próximo fim de semana, como o Calçadão de Nova Iguaçu e de Duque de Caxias. Participam ainda do mutirão, que permite descontos e parcelamento facilitado, o mercadão de Madureira, o calçadão de Campo Grande e os shoppings Bangu, Grande Rio, Caxias e São Gonçalo.

A partir do dia 25 de outubro, apenas o sinal digital vai chegar às casas de 19 municípios do estado: Rio de Janeiro, Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá.

A expectativa é que 12 milhões de pessoas sejam impactadas com a mudança. A estimativa é que 1,5 milhão de kits seja comprado no Rio de Janeiro. Além disso, outro 1,2 milhão de kits será doado para quem está inscrito em algum dos programas sociais do Governo Federal. “A ideia dos feirões é que as pessoas, que não estão inscritas nos programas sociais, consigam comprar o kit com desconto”, disse André Dias, diretor de Projetos Especiais da TV Globo.

A emissora tem promovido uma série de eventos para auxiliar na instalação correta do conversor e permitir que a imagem digital seja recebida pelos moradores, com resolução seis vezes maior que a versão analógica.

Dias lembra que mais de 100 mil jovens já foram treinados no projeto Patrulha Digital, em parceria com o Senai, em todo o país. Para o Rio de Janeiro, ele cita a criação do Favela Digital, em parceria com a Central Única das Favelas (CUFA), que já treinou mais de 500 pessoas. “O objetivo é ajudar na multiplicação da informação. As pessoas retiram o kit e não sabem o que fazer. Por isso, pensamos na criação desses eventos que servem para apresentar a TV Digital, tirar dúvidas e dar treinamento. A ideia é multiplicar a informação”, conta.

Na próxima semana, a Globo vai iniciar uma campanha com porteiros no Rio de Janeiro para auxiliar na instalação da TV Digital.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota18.09

 

A prefeitura de Limeira e a Seja Digital anunciaram o início da distribuição dos kits digitais gratuitos para a população do município. Os limeirenses cadastrados nos programas sociais do Governo Federal já podem consultar sobre a participação no programa no site sejadigital.com.br/kit ou pelo telefone 147.

É necessário ter o Número de Identificação Social (NIS) em mãos. Caso não esteja na lista, basta preencher o formulário com os dados de contato para que receba a orientação necessária sobre como preparar sua residência para receber o sinal digital de TV. Para receber o kit, o usuário deverá realizar o agendamento da retirada e escolher, inicialmente, entre três pontos de distribuição.

Os kits são compostos por antena digital, conversor e controle remoto. Os materiais são necessários caso o aparelho de televisão da residência for de tubo ou fabricado antes de 2010. Televisores de tela fina fabricados depois de 2010 precisam apenas de uma antena para TV Digital. A partir do dia 29 de novembro, a programação dos canais abertos de televisão será transmitida apenas pelo sinal digital, com imagem e som de cinema.

O prefeito Mario Botion colocou a estrutura do município à disposição para que seja possível atender a todos os beneficiados. Serão distribuídos mais de 30 mil kits. “Estamos sensíveis e atentos a tudo o que pode trazer benefícios para a população, portanto assim que fomos contatados, prontamente recebemos a Seja Digital”, destacou.

A gerente regional da Seja Digital em Campinas, Andreia Marques, realizou uma explicação técnica e destacou que a migração do sinal analógico de TV para o sinal digital representa um grande avanço tecnológico e coloca o Brasil no mesmo patamar de países como Japão, França e Estados Unidos. “Ao ser desligado, o sinal analógico de TV vai liberar a faixa de radiofrequência dos 700 MHz e permitir que as operadoras de telefonia móvel possam ativar a tecnologia 4G, que é mais veloz, tem melhor qualidade, e maior cobertura, inclusive em ambientes fechados.”

O processo de mudança em andamento no Brasil é inspirado na experiência do Reino Unido, com a distribuição de conversores para a população de baixa renda. De acordo com Andreia, esse modelo permite mais tranquilidade e sustentabilidade no momento da transição. Entre os benefícios do sinal digital, a gerente cita, além da qualidade da imagem, a inclusão. “Com todas as residências devidamente adaptadas, haverá mais acesso a recursos como a tradução simultânea da programação para Libras e audiodescrição”, frisou.

Ao final do evento, Botion recebeu um kit como presente da Seja Digital. Ele agradeceu, mas pediu licença para fazer uma doação ao próximo limeirense que fizer o agendamento no site da organização.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota12.09

 

Mais de 525 mil kits para acesso ao sinal de TV digital estão sendo distribuídos em toda a região administrativa de Campinas, formada por 85 cidades. No dia 29 de novembro será desligado definitivamente em diversas dessas cidades o sinal analógico, e quem não tiver o conversor, não terá acesso mais ao sinal de TVs abertas.

Quem possui aparelhos de TVs mais novos não precisa se preocupar, pois eles já vêm com conversor de sinal digital de fábrica. Para os aparelhos mais antigos, é preciso comprar o conversor vendido em lojas especializadas.

Têm direito aos kits gratuitos as famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal. Eles são compostos por antena digital e conversor com controle remoto, equipamentos que possibilitam que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital.

Famílias inscritas em programas sociais devem verificar se estão participando da distribuição e, se tiverem direito ao kit, já podem agendar a retirada no site ou por telefone. O número para informações é o 147 (ligação gratuita) e o site para verificar quais cidades terão interrupção de sinais e para agendar a retirada do kit é o www.sejadigital.com.br.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota14.08

 

A distribuição de kits gratuitos às famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal já está acontecendo na capital fluminense e outras 18 cidades do estado. O kit, composto por antena digital e conversor com controle remoto, permitirá que mais de 1,2 milhão de famílias continuem assistindo TV em seus aparelhos antigos após o desligamento do sinal analógico na região, que acontece no dia 25 de outubro.

Os equipamentos são destinados às famílias inscritas em programas de assistência do Governo Federal, como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros.

“As famílias beneficiárias devem entrar em contato com a Seja Digital o quanto antes para verificar se têm direito ao kit gratuito e já realizar o agendamento. Com os equipamentos instalados, elas poderão assistir à programação da TV aberta com qualidade de imagem e som de cinema, antes mesmo do desligamento do sinal analógico”, comentou Vivian Bilhim, gerente regional da Seja Digital. 

Para saber se está participando da distribuição, o beneficiário deve ligar para a central telefônica gratuita 147 ou acessar o portal www.sejadigital.com.br/kit com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos. Se o nome estiver na lista, basta realizar o agendamento para retirada do kit gratuito, que também deve ser feito no site ou central telefônica.

Cada família beneficiária pode escolher o ponto de retirada mais próximo à sua residência, além da melhor data e horário para buscar os equipamentos. Nos pontos de retirada disponibilizados pela entidade, os beneficiários também recebem orientação técnica sobre a instalação da antena digital e do conversor.

Além do Rio de Janeiro, o sinal analógico de TV será desligado nas seguintes cidades: Itaguaí, Seropédica, Japeri, Queimados, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis, Belford Roxo, São João de Meriti, Duque de Caxias, Magé, Guapimirim, Petrópolis, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Tanguá e Maricá.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota09.08

 

As prefeituras de Campinas/SP e de outras cidades da região assinaram neste dia 7 de agosto um termo de compromisso para a consolidação da TV digital. O processo de substituição está marcado para 29 de novembro e as famílias que estão em situação de vulnerabilidade social receberão aproximadamente 200 mil kits digitais (contendo conversor, antena e controle remoto) para que sejam instalados em equipamentos antigos.

A distribuição será realizada por meio de agendamento pelo telefone 147 ou site. Em Campinas, as famílias também devem ser orientadas por folhetos distribuídos em espaços públicos e as atividades serão apoiadas por funcionários da administração municipal que atuam nas áreas da saúde, educação, assistência social e segurança alimentar.

O termo de compromisso também foi assinado pelos prefeitos de Hortolândia, Itatiba, Monte Mor, Santa Bárbara d'Oeste e Valinhos. Indaiatuba já havia aderido e, segundo a Seja Digital, Paulínia e Sumaré devem fazer as assinaturas nos próximos dias.

Os agendamentos para retirada dos kits, incluindo dia e local, devem começar nas próximas semanas. O único município da região que permanecerá com TV analógica em novembro é Morungaba. “A Região Metropolitana de Campinas vai estar totalmente digital, com exceção de Morungaba, que está ligada a outra rede de TV. Então vai ficar pra um outro momento o desligamento”, destacou o presidente da Seja Digital, Antonio Carlos Martelletto.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota01.08

Cerca de 4 milhões de domicílios na capital fluminense e outras 18 cidades, nas quais incluem Petrópolis e a região metropolitana do Rio de Janeiro, terão o sinal analógico de televisão desligado no dia 25 de outubro. Isso significa que a partir dessa data, todos os canais abertos de TV passam a transmitir suas programações, exclusivamente, por meio do sinal digital.

O presidente da Seja Digital, Antônio Carlos Martelletto, disse que já existe a transmissão simultânea do sinal analógico e digital desde 2008, no Rio de Janeiro, “para que houvesse um período de transição e as famílias fossem se adaptando”.

As 19 cidades fluminenses constituem a segunda região mais populosa a ter o sinal desligado. A primeira foi São Paulo, em março deste ano, totalizando sete milhões de domicílios. Fora da região metropolitana do Rio de Janeiro e Petrópolis, o restante do estado terá o sinal analógico desligado em novembro de 2018.

O programa de distribuição de kits gratuitos para a região do Rio de Janeiro já foi iniciado. Os beneficiários já podem entrar no site da Seja Digital para agendar a retirada dos kits, ou por meio do telefone 147 (ligação gratuita).

Publicado em NOTÍCIAS

Nota18.07

 

Mais de 520 mil kits digitais serão distribuídos gratuitamente, em Salvador, para as famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal, para que não fiquem sem acesso à programação televisiva após o dia 27 de setembro de 2017, data do desligamento do sinal analógico na cidade.

O kit contém uma antena, um conversor e um controle remoto, equipamentos necessários para que as residências da região passem a receber o sinal digital.

Na visão do presidente da Rede Bahia, Antônio Carlos Magalhães Júnior, as classes C e D serão especialmente beneficiadas pela mudança, que coloca a Bahia em um novo patamar de qualidade no sinal. “A diferença em termos de sinal, para essas classes, será ainda mais sentida, já que elas ainda não possuem o sinal digital. Isso deve reforçar o acesso aos conteúdos na televisão e, consequentemente, a audiência”. 

Os cadastros para retirada do kit digital devem ser feitos por meio do site da Seja Digital ou, gratuitamente, pelo número de telefone 147. É importante ter o número do CPF ou NIS (Número de Identificação Social) em mãos durante o atendimento.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota30.06

 

O sinal analógico de televisão será desligado no dia 26 de julho na Grande Recife. Devido a isso, desde o dia 15 de maio, a Seja Digital realiza na capital pernambucana e região metropolitana a entrega dos kits gratuitos – compostos por conversor, antena e controle remoto – para o acesso à TV digital.

Entre os pontos de distribuição estão as agências dos Correios. A localizada na Avenida Guararapes, área central do Recife, recebe diariamente ente 1,5 mil e 2 mil pessoas para retirarem os equipamentos.

A dona de casa, Alessandra Maria da Conceição, comemora a migração do sinal. “Acho ótima essa mudança, porque as imagens são limpas e bonitas. E gostei bastante do treinamento, porque agora já sei como instalar”. O técnico de enfermagem, Lenílson Alves, também só foi elogios. “A imagem melhora muito com o sinal digital e o atendimento aqui está muito rápido”. A mesma opinião tem a dona de casa, Sandra Pereira, que está na expectativa pelo novo sinal, após ter visto toda a qualidade pela primeira vez no treinamento realizado nos Correios. “É ótimo isso, porque o sinal é melhor e não vai ter mais chiado na televisão”.

Para adquirir gratuitamente o kit digital, é necessário ser beneficiário de programas sociais do Governo Federal. As pessoas devem ligar para o número 147 ou acessar o site www.sejadigital.com.br/kit para agendar o atendimento. Foram disponibilizados para a região mais de 600 mil kits. Até o momento, 450 mil já foram agendados e mais de 300 mil retirados.

Publicado em NOTÍCIAS
Página 1 de 3